Tribunal de Justiça reverte liminar que impedia a aplicação do Direito de Protocolo no Município de São Paulo

Por: Thomaz Henrique Monteiro Whately e Paulo Vitor Paula Santos Zampieri

01 Junho 2018

Em fevereiro de 2018, o Ministério Público do Estado de São Paulo ajuizou a Ação Direta de Inconstitucionalidade n.º 2028122-62.2018.8.26.0000, por meio da qual questiona a validade do art. 162 da Lei de Uso e Ocupação do Solo do Município de São Paulo.

Referido artigo assegura ao particular o direito de ver os processos de licenciamento de obras, edificações e atividades, bem como os projetos de parcelamento do solo, analisados de acordo com a lei vigente por ocasião do protocolo do pedido.

Na ação, o Ministério Público questiona, especialmente, os efeitos do referido dispositivo legal em relação ao meio ambiente.

Para o Ministério Público, a manutenção do referido artigo pode fazer com que o particular consiga aprovar projetos com base em legislação ambiental anterior e, eventualmente, mais benéfica. Ainda segundo o Ministério Público, essa possibilidade acabaria por violar o princípio da impossibilidade de retrocesso em matéria ambiental.

Por decisão datada de 26 de fevereiro de 2018, o Desembargador Relator da ação concedeu a liminar pleiteada pelo Ministério Público, suspendendo a validade do art. 162 da Lei de Uso e Ocupação do Solo, também considerando os elementos de direito ambiental envolvidos.

A decisão foi recebida com bastante preocupação pelo mercado imobiliário, em razão de seu impacto econômico com relação aos empreendimentos em fase de aprovação.

No último dia 16 de maio de 2018, porém, o Tribunal de Justiça de São Paulo analisou o recurso apresentado pela Prefeitura Municipal e reverteu a liminar anteriormente concedida, reestabelecendo a validade do art. 162 da Lei de Uso e Ocupação do Solo, ao menos até o julgamento definitivo da ação direta de inconstitucionalidade.

Seguiremos acompanhando o andamento da referida ação e informaremos qualquer novidade.

Notícias relacionadas

Carreira

Huck Otranto Camargo atua nas principais áreas do Direito, com ênfase em contencioso e arbitragem, societário, contratual, tributário, imobiliário, trabalhista, entretenimento, mídia, tecnologia, internet e esportes, propriedade intelectual, família e sucessões, recuperações judiciais e falências e direito administrativo.

Sob modelo próprio de gestão, o escritório apresenta um plano de carreira original e sintonizado com o espírito empreendedor dos sócios, desde seu ingresso no escritório.

Os estagiários são tratados como potenciais sócios. Seu treinamento visa envolvê-los progressivamente em todas as etapas de um caso, desde as pesquisas até a definição e execução da estratégia mais adequada. A organização das equipes e dos setores permite que os estagiários tenham contato com advogados de outras áreas, possibilitando a eles identificar a área de seu maior interesse. O objetivo é oferecer a todos a oportunidade de aprendizado intenso, de forma a complementar seus estudos universitários e prepará-los profissionalmente para novos desafios e responsabilidades.

Carreira

Áreas de interesse

| 0k

Mensagem enviada!

Endereços

São Paulo | SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1744
6º andar - 01451 910
+55 11 3038 1000

Ver no Google Maps

Brasília | DF

SHS, Quadra 06 – Complexo Brasil XXI
Bloco C – Salas 506/507 - 70322-915
+55 61 3039 8430

Ver no Google Maps

Endereços

Endereços