Corte Especial do STJ amplia as hipóteses de cabimento de agravo de instrumento

Por: Guilherme Gomes Pereira e Henrique Giongo Maluf

14 Fevereiro 2019

Por maioria de votos, a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça ampliou a interpretação do art. 1.015 do Código de Processo Civil, para admitir o cabimento de agravo de instrumento contra decisões que versem sobre hipóteses que não estão enumeradas expressamente no rol de referido artigo.

Segundo o acórdão, além das hipóteses previstas em aludido dispositivo, também é possível a interposição do recurso de agravo de instrumento “quando verificada a urgência decorrente da inutilidade do julgamento da questão no recurso de apelação” (REsp n.os 1.696.396 e 1.704.520).

O tema foi levado à Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça por meio de dois recursos repetitivos, que tiveram como intuito definir a natureza do rol do art. 1.015 do Código de Processo Civil, se de interpretação taxativa ou extensiva.

Sagrou-se vencedora a posição da Ministra Nancy Andrighi, relatora dos recursos, segundo a qual o rol do art. 1.015 é de taxatividade mitigada, admitindo-se, em caráter excepcional, a interposição de agravo de instrumento para além das hipóteses expressamente previstas, desde que preenchido o requisito da urgência que decorra da inutilidade futura do julgamento da questão somente em sede de recurso de apelação.

Em seu voto, a Ministra Nancy Andrighi destacou que tal interpretação somente poderá ser aplicada às decisões interlocutórias proferidas após a publicação dos acórdãos, ocorrida em 19 de dezembro de 2018.

Notícias relacionadas

Carreira

Huck Otranto Camargo atua nas principais áreas do Direito, com ênfase em contencioso e arbitragem, societário, contratual, tributário, imobiliário, trabalhista, entretenimento, mídia, tecnologia, internet e esportes, propriedade intelectual, família e sucessões, recuperações judiciais e falências e direito administrativo.

Sob modelo próprio de gestão, o escritório apresenta um plano de carreira original e sintonizado com o espírito empreendedor dos sócios, desde seu ingresso no escritório.

Os estagiários são tratados como potenciais sócios. Seu treinamento visa envolvê-los progressivamente em todas as etapas de um caso, desde as pesquisas até a definição e execução da estratégia mais adequada. A organização das equipes e dos setores permite que os estagiários tenham contato com advogados de outras áreas, possibilitando a eles identificar a área de seu maior interesse. O objetivo é oferecer a todos a oportunidade de aprendizado intenso, de forma a complementar seus estudos universitários e prepará-los profissionalmente para novos desafios e responsabilidades.

Carreira

Áreas de interesse

| 0k

Mensagem enviada!

Endereços

São Paulo | SP

Av. Brigadeiro Faria Lima, 1744
6º andar - 01451 910
+55 11 3038 1000

Ver no Google Maps

Brasília | DF

SHS, Quadra 06 – Complexo Brasil XXI
Bloco C – Salas 506/507 - 70322-915
+55 61 3039 8430

Ver no Google Maps

Endereços

Endereços